Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Conquista

por WAndrade, em 29.09.14

E nunca mais a gargalhada boa de acompanhar.

D’algumas coisas até surgiam lá alguns esgarços na boca,

mas a gargalhada, A gargalhada, não mais.

Mudaram-se, (donde?) os miúdos diamantes, hoje desvanecidos,

que eram estrelas crianças, traquinas e soltas, quase, quase bandidas. 

A flauta em Sol, tão bonita, agora apenas um sonido destonado

rouco e sem vigor.

Tudo aquietou-se na maturidade das tristezas conquistadas.

Então era isso?

WAndrade – 06/09/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:38

Escritas I

por WAndrade, em 09.06.14

Mais uma vez preferiu ignorar o chamado da lua,

mesmo sabendo que no maior dos escuros

voz é denúncia, ainda que pretenda júbilo.

WAndrade-09/06/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:02

Limiar

por WAndrade, em 06.06.14

Sabia que estava mal-feliz.

Não precisava que alguém o dissesse.

Sentia, apenas sentia...

Não que fosse infeliz…algumas coisas até tinham, ainda, uma certa piada,

mas… estava  gasto, desiluminado, qualquer coisinha era já uma impertinência.

Um quase inquieto, ali, no fundinho do peito, desequilibrava

os pensamentos, a sensação de precipício que conhecia bem.

Aquilo estava mesmo a dar para o torto, sentia-o nos pequenos

desandos diários.

A falta dos ares frescos daquelas promessas, postiças agora sabia,

já não causava, senão, cansaço.

Tinha que admitir, aquilo estava a perder lugar na sua vida,

nem as tentativas cambaleantes interessavam mais...

sabia, sabia que estava mal-feliz...

as enormes madrugadas de agora eram a prova disso.    

 

É,  ouvir aquela voz, depois de tanto tempo, fez todo o sentido…

WAndrade – 06/06/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:23

Escritas

por WAndrade, em 04.06.14

Repara que o universo está a dar-te uma oportunidade.

Agarra com mãos, braços e pernas mas não lhe dês com os pés outra vez.

Repara o movimento que a vida fez para oferecer-te alegria plena.

Atiça teus sentidos, ora frouxos, e percebe a chance delicada que as luas,

sempre elas, proporcionam a ti, de refarzer-te em flor viva.

Ouve, com atenção, o vento que te chama àvido e se mostra pleno para

os teus desejos de paz.

Abre os teus olhos, franqueia o teu coração amansado e coxo

(sentes), segue esta pista inesperada,

pois este é o caminho que sempre seguirás.

Ainda que não saibas.

É claro que sabes!

WAndrade – 04/06/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:11

por WAndrade, em 02.05.14

E aí o dia consegue ficar ainda mais bonito...

o coração não se aquieta, explode dentro do peito,

mãos tremem... dificuldade em manter a voz firme,

e a vontade louca de dizer: que saudade!!!

WAndrade - 02/05/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Orgulho

por WAndrade, em 28.07.13

É verdade, podia ligar, procurar, assuntar...

Tá, pode até ser orgulho besta,

mas e a voz tremida na emoção de falar?

Como esconder, disfarçar?

E dizer o que, além do que é cansado de se saber?

Tinha assunto? Claro que tinha. Guardou os melhores

para dividir só com aquele amor.

O dia em que isso, o momento em que aquilo…

Ah, nada disso, queria mesmo, mesmo era falar da saudade,

da falta que faziam aqueles olhos, aquela risada, a cumplicidade,

o sempre de mãos dadas, fosse o que fosse, desse o que desse.

Queria mesmo era dizer: não esqueci, amo tanto, tanto,

não tem problema, estou aqui…

Ai que raiva!

WAndrade – 28/07/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:32

Certeza

por WAndrade, em 17.06.13

Ouviu a "flauta em sol" e, como sempre, tremeu.

Na disparada do coração tentou aparentar circunstâncias,

qual o que, estava em êxtase, mais que uma surpresa, uma esperança

tocou-lhe a alma tão enfastiada de carinhos.

Breves momentos de sonho haveriam de fazer-lhe companhia sabe-se lá

por quanto tempo mais.

Não importava, ouvia agora e agora sentia que vivia.

WAndrade - 17/06/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14

Não dá mais

por WAndrade, em 22.08.10

Já não há como disfarçar

Voz some

Joelho treme

Mão esfria

Olho grita, entrega

Coração sai tristeza, na “foto”

Fora de tom, fora de compasso

Já não há como disfarçar...

WAndrade - 08/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:57


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas


Posts mais comentados


Wania Andrade - Formação e Revisão de textos e Conteúdo Online

WA - Formação e Revisão

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Wania Andrade -Formação e Revisão



WA - Formação Empresarial e Revisão de Conteúdo online