google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Coisinha

por WAndrade, em 25.07.14

Pudesse retribuir o teu afago terno e elegante (tão elegante és!).

Soube como a asa de um pássaro a poisar sobre meu rosto… acalento, sei lá!

E foi tão espontâneo, nem deste conta, apenas aquele momento…

assustei-me, confesso, tenho prometido jamais conceder-me outro erro

destes, sentimentos ou quaisquer afins sofrimentos

(no final são do mesmo, dão no mesmo).

Mas espantei-me, tens um jeito tão doce de falar, de querer saber de mim…

desacostumei disso, desculpe se fui rude ou tive pressa em acabar a conversa, mas notei-te.

E a mim quando corri para escrever essa coisinha.

WAndrade -  25/07/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:04

Paralelas

por WAndrade, em 23.07.14

Boa tarde, a todos os mais de 11.000 amigos e mais do "Inferno".

Obrigada!

 

É curioso, quando eu postei isto:

http://euminfeerrno.blogs.sapo.pt/pitadas-de-inferno-especial-147428,

parecia estar a ter uma premonição ou coisa do género...

É, é mesmo um infeerrno!!!  Ou não!!!

 

Não é a primeira vez que falo disso aqui, mas a vida, a vida,

definitivamente é ávida, uma cobradora extremamente pontual, credo!

E não, isso não me deixa, absolutamente, feliz ou em regozijo,

ao contrário, sinto é um constrangimento agudo, um incómodo,

quase uma náusea.

E nesse momento só o que posso pensar é e se eu tivesse reagido da mesma maneira?

Sabe, e se eu tivesse dito: - “você gosta da sua dor, por isso ninguém consegue ajudar”.

E se eu não tivesse dito mais nada durante meses, ou ainda e se eu tivesse

simplesmente sumido?

É, meu bem, a vida é avida, ávida de voltas, ávida de contrapontos,

de contratempos e de impensáveis (?) contradanças, para nos mostrar

que tudo pode acontecer a todos a todo o momento.

Mas não se preocupe, estive, estou e estarei sempre aqui,

para o que der e vier, aconteça o que acontecer.

As suas duras palavras, as suas atitudes insensíveis, o seu sumiço nas horas

em que mais precisei, nada disso guardei... aprendi, superei e fortaleci.

 

Para poder agora, melhor do que antes, te dar a mão forte e o abraço apertado de que tanto precisas.

WAndrade – 23/07/2014

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23

"Pitadas de Inferno" - Lição Colombiana

por WAndrade, em 06.07.14

Vários adeptos...

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04

"Pitadas de Inferno" - Fofocas de Deus

por WAndrade, em 01.07.14

Aí, do nada, aparece alguém que te conta tudo.*

 

 

*sem você perguntar...

WAndrade - 01/07/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:34

Confiança... no "Cordel"

por WAndrade, em 22.06.14

 

 Formatação: WAndrade

 Literatura de Cordel é uma poesia muito popular,

no Nordeste do Brasil, oriunda de Portugal.

São versos rimados que podem (e são) cantados.

Quem quiser experimentar, está á vontade!

 

Aqui, http://euminfeerrno.blogs.sapo.pt/tag/sacratu,

eu já havia me aventurado um bocadinho.

 

 WAndrade - 22/0672014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:14

Sede

por WAndrade, em 02.02.11

Não acelerou... segurou o pé, deixou-se levar.

Era quase tarde, muito frio e não sabia porque resistia. Pensava nela. Ai que de vez em quando vinha um pensamento...

Como estaria? Estaria bem? Era tão reticente, sempre...

Aquela sensação estranha de não querer pensar nela...resistir...

Mas lá vinha o pensamento de novo, as perguntas,

e o reconhecimento de que fizera uma besteira sem tamanho.

A vida desandada e o pensamento nela, agora tão distante,

tão elegante e... inacessível...

Como pudera enganar-se tanto? Tão infantil...ai, que raiva...

E o pensamento destravado, a estrada deserta...cansaço...

Onde ela irá amanhã?

Na hora não percebeu bem, mas aquele desconforto eram, sim, ciúmes...

Ela ia sair? Com quem? Fazer? Onde?

Quis ligar, saber, assuntar...mas não daria o braço a torcer, jamais daria o primeiro passo... não, isso nunca...

 

O desandar da vida nunca lhe pareceu tão grande...

WAndrade - 02/2011

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50

Uma pulga...

por WAndrade, em 02.02.11

Não foi nada, não. Só uma impressão, forte, é verdade, mas nada de concreto.

Talvez a forma da resposta...

Sabia, bem sabia, que as coisas iam de pior a mais que pior...

Como queria aquela "chatice" de volta. Nunca tivera tanta certeza disso...

Tanto nadou e acabou na praia...deserta...

Tantos descaminhos, jurando estar na trilha certa...

Ardeu rápido o fogo de palha e, agora, as cinzas cegavam-lhe, o fumo tragava a alma, num abafar sem fim.

Queria parar de fingir e apenas deitar-se naquele colo moreno e adormecer. Ali, sim, em paz. Tinha que admitir!

Mas jamais daria o primeiro passo, jamais daria o braço a torcer...

É, continuaria na confusão, na divisão...falhou, fazer o quê?

WAndrade - 02/2011

  

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:39


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas



Wania Andrade - Formação e Revisão de textos e Conteúdo Online

WA - Formação e Revisão

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Wania Andrade -Formação e Revisão



WA - Formação Empresarial e Revisão de Conteúdo online


Google

google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html