Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Giftup's

por WAndrade, em 05.10.16

O “Infeerrno” tem preferências, eu sei e bem sei, por isso deixo-o bem à vontade.

Sem parênteses, sem delongas e sem palhaçadas.

Aqui é a minha, eu disse a minha, rede social.

Aqui digo o que quero, do jeitinho que penso, aqui eu posso tudo.

Inclusive observar, coisa que eu adoro…

Aguardem...

Bom feriado e, como sempre, todos são bem-vindos!  

Todos!    

chão1.jpg

 

                                                      

      WAndrade - 05/10/2016

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10

Tiê

por WAndrade, em 01.03.15

liberdade.jpg

 

WAndrade-01/03/2015

Ca c'était quoi?

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:42

Relevo

por WAndrade, em 19.02.15

‘Tava mesmo vento, um cortante de todos os lados, puxou o mais que

pode a gola do casaco, a proteger o pescoço, e saiu assim,

sem medo daquela friagem.

Gelo já tinha há tempos no coração, não era novidade.

Novo mesmo foi aquele encontro, depois de tanto tempo, aquele olá,

oferecendo a cara a um beijinho.

Pensou que ali tinha coisa, mas deu de si educação e retribuiu o cumprimento.

Aquilo sim era gelo de sua parte.

Manteve o olá apenas e seguiu a sorrir de leve,

perante o espanto do outro lado.

Sabia que ali teria conversa, pressentiu o assunto mas não voltou nem a cabeça.

Há muito que tinha ciência do que seria falado e, sinceramente,

não lhe interessava nem um pouco. Não folgava o fracasso alheio.

Agora, nem pena tinha.

WAndrade – 18/12/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

"Aperit oculum"!

por WAndrade, em 07.02.15

abreolho.jpgWAndrade15/01/2015

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:26

Regalo

por WAndrade, em 06.02.15

Juntava folhas, conchinhas, riachos, pauzinhos, madrugadas,

neves, bocados, silêncios e armadilhas.

Andava a coser uma manta, ornada com as pedrinhas

que também juntava.

Uma prenda, é…quando pronta estivesse, entregava.

Havia de cobrir-lhe os encanhos, que é de frente que se curam

os lanhos… os do peito, os da alma, os tamanhos, e também para

que soubesse, bem sabido, como foi ter juntado aquilo.

Depois, bem depois, sândalo, lavanda e carinho.

 

Se fosse o caso.

WAndrade – 14/01/2015

Só se fosse o caso…

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

É o tom

por WAndrade, em 25.01.15

O que leva e traz… leva e traz, invariavelmente.

O vento que lá ventou, aqui é conforme.

Sopra suas alcovitices, infla os balões da mexeriquice e traz

ais e uis de risadas, deboches, ironias e um qualquer anúncio,

à risota, sobre caras, vincos e assins.

Assim, para descanso da alma e branquejar do avalio próprio,

quer dizer, do carácter, é imperioso entender que não se leva

para a vida aquilo que vem amasiado com os copos.

De sempre em sempre, sempre tantos, faz-se papel de tolo,

lá, aqui, onde quer que cante ou conte o vento.

 

Ou o que leva e traz.

WAndrade – 25/01/2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:10

Líchia

por WAndrade, em 22.01.15

Nem chateação, nem aborrecimento. Nem pena, nem dó.

Talvez compaixão, que é de ter.

Bárbaro, em anseios das pratas, idolatra o fidalgo, aliciando-lhe

as benes, os apoios e a própria desgraça.

Alma acanhada assim definha, coitada, nem sonha o que lhe ceifa

o arbítrio, apenas zonza pelos cantos da vida, encalhada numa

estância alquebrada e fria;

incônscia e sem forças, deriva em si mesma…tonta…

Num escambo medonho e murcho, partilham-se sombras e foices…,

delusões…delírios entre aparências e bongôs.

Os descaminhos rebentam (aquilo que malgrado nasce…)

neste estirão sem norte, já vazio de figurantes

(desandos não rendem plateia).

Arrastos de um desenredo inanimado.

WAndrade-27/12/2014

então era isso?

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

Gracinha

por WAndrade, em 14.01.15

Quer dizer, a pessoa escolhe o lado borbulhante da vida,

esculhamba com todo o afeto que você sente por ela,

não te dá um telefonema, muda de país, não te diz um “ai”,

durante anos não quer saber se você está vivo, não te manda

uma bosta de um sms sequer.

Aí, você melhora, levanta, melhora mais, revive, mostra a cara de novo, refaz a vida.

Aíí, sabe-se lá porque, a “maravilha” resolve, escrever no dia do teu

aniversário, reclamando que você “nunca mais disse nada”

e ainda querendo te dar lição de vida!

Aííí, você manda ela t- - - - n - c -.

 

Aí, você é mal-educado.

WAndrade-28/12/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:21

Apanha

por WAndrade, em 09.01.15

Sem ter o que fazer, o tempo permitiu-se um prazer, esparramou-se

na praia e tirou um cochilo.

Espreitava de longe… marujos desabençoados e zonzos, brindavam

desfeitos e mazelas, numa algazarra abatida e agastada. Sem norte.

Deixou-se ali ficar... estava sol... via e dormi, via e dormia. Tinha…tempo.

Fazia o que melhor sabe fazer, passava; navios passam, arrepios também, febres idem.

O tempo? Ah, esse passa e repassa na frente o que atrás foi semente…

Os marujos? Já devem ter dado com o tempo e suas... conversas.

Agorinha ele acordou.

WAndrade-09/01/2014  

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:42

Curso

por WAndrade, em 06.01.15

É encantador.

O ser humano e suas essências que não mudam.

Uma vez nobres, para sempre nobres.

Tão consolador ver uma pessoa com carácter, haja o que houver.

Dá sentido à vida conhecer gente com fibra, aquelas que

não se vergam, seja o vento que for.

Até porque, como se sabe, o vento que venta lá, venta cá,

ou ainda, o vento muda, invariavelmente.

Pessoas que enfrentam suas vicissitudes com garra e olho no olho

dão-nos uma aula de vida. É o céu, sim senhor!

Aquelas que, independente da malha (ou do malho), têm a rectidão

de dizer errei, desculpe, não posso, quero ir…, socorro, me ajuda…

estas então são um aprendizado para o restante dos dias.

Sempre a aprender!

E sim, não há nada mais animador do que ver uma pessoa

a desfrutar da sua própria essência!

Bom, não é?

WAndrade-28/12/2014

lindo, hein?

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:36


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas




Wania Andrade - Formação e Revisão de textos e Conteúdo Online

WA - Formação e Revisão

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Wania Andrade -Formação e Revisão



WA - Formação Empresarial e Revisão de Conteúdo online