google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Medo

por WAndrade, em 07.07.20
Os 7 estados emocionais avaliados pelo Dr. Bach (fonte de consulta: Healingherbs)
 
Medo
 

Aspen  

Populus tremula

Um dos 19 florais Complementares de Bach, preparado pelo método de fervura.

Indicação

Para medos vagos e desconhecidos, para os quais não se encontra explicação ou motivo. O paciente sente-se apavorado, com o pressentimento de que algo terrível está prestes a acontecer, embora não saiba exatamente o quê. Uma sensação que pode persegui-lo dia e noite. O paciente, às vezes, tem medo de compartilhar seus temores com outras pessoas.

Afirmação

O desenvolvimento do Amor nos traz a compreensão da Unidade, da verdade de que cada um de nós e todos nós somos parte da Única Grande Criação.  A causa de todos os nossos problemas é o ego e a separação, e desaparece assim que o Amor e o conhecimento da grande Unidade se tornam parte de nossas naturezas.

Estado Emocional

Para medos psicológicos de origem desconhecida, algo vago, irracional e inexplicável, preocupação súbita, medo de uma força ou poder desconhecidos, o medo de dormir por cauda do que pode acontecer durante o sono, medo de sonhar, a associação com a morte e a religião, geralmente mantidos em segredo. Os sintomas podem incluir dores de cabeça, olhos cansados, olhar assombrado, sudorese, tremores, desmaios repentinos, arrepios, o falar durante o sono, sonambulismo, cansaço e irritação.

Habitat

Geral

Em solos pobres e úmidos de florestas. É uma espécie pioneira e sua tendência a se agarrar gera pequenas moitas.

Cherry Plum

Mimulus

Red Chestnut

Rock Rose

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:35

Medra

por WAndrade, em 16.07.15

E foi só um escorregão… mas confesso que doeu.

Não daquelas dores infindas, de cortar os pulsos, foi mais um

incómodo, vontade de ficar quieta, encolhida, escondida debaixo das

cobertas a ouvir um blues bem baixinho.

Mas passou morena, ah, passou…

Medo é traço que não combina com minhas ideias,

com aquilo que almejo.

Não tenho nem nunca tive medo de nada, é claro que

resguardo-me, mas isto e só.

Já passei o diabo, mas de cara com ele, percebes?

Ali, fuça na fuça, e se alguma vez o dito me venceu foi por milésimos,

morena, por milésimos e muito poucas vezes, acredita.

O medo só te vai trazer mais querer e mais lembrar, morena,

assimzinho com estás neste momento, só saudade,

só lembrança, só querer.

Pena, sabes? Teus olhos ainda continuavam na minha cabeça

até inda ontem, ou antes, sei lá… sem medo, tirei-os dali.

Hoje já é amanhã, morena, e o dia está lindo.

WAndrade – 16/07/2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:32

Sevilha

por WAndrade, em 28.12.14

Não adianta não falar, desconhecer, ignorar, silenciar e fazer esta figura tão triste de quem agora combalid est.

Apenas olha, atreve-te sinceramente a olhar ao teu redor, uma vez que seja, um momento apenas e vê no que os teus olhos sangram, um breu tão intenso que esquiva de ti a verdade e o senso.

Não adianta provar-se de contrários se até os de dentro já deram conta do “ouro” perdido e aforam-se, lentos e corteses, como quem foge à maleita, ao malsão.

Aller, aller, cuida! O tino, se um dia o tiveste, hoje é um pobre desconvexo de ti, quenturas que te desarranjam a cabeça e a lida. Ou seriam as lides?

Fracos desagem, desatuam, desrealizam e perdem-se irremediavelmente.

A arrogância dos tolos. E não será o orgulho mal nutrido que irá

desaborrecer o teu hoje alienado e só.

Mas cabem recursos, há quem siga com terços, quartas e cestas.

 

Ainda que não fales, desconheças, ignores e silencies.

WAndrade-28/12/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33

Retrato

por WAndrade, em 20.10.14

retrato.jpg

 WAndrade -20/10/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:55

Boas Maneiras

por WAndrade, em 30.06.14

-“Obrigada pela disponibilidade.”

 

Não, não fui obrigada. Por ninguém (nada) nem pela disponibilidade,

que esta cria-se, quando é de caso de precisão e/ou por educação.

Nem obrigação nem disponibilidade, simplesmente mostrar que,

mesmo o sentimento mais nobre e calado, justamente por assim se manter,

também é capaz de total distanciamento quando percebe que a frieza

nas frases supervisionadas não é, senão, um capeado interessante,

muito diferente, por exemplo, do que se passa quando o caso

é um telefonema ou um encontro.

Nem um pouco obrigados, e sempre, sempre disponíveis…

e não só!

WAndrade-13/06/2014   

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:03

Chiste

por WAndrade, em 11.06.14

É escusado o pavor de teres o panteão afinal descortinado,

se nem a ti ele serve de abrigo ou resguardo.

Quando muito, se ainda lá tens alguns arbítrios, um reduto para desabar

o tronco basto de fastios.

Não causa encanto qualquer, acredita, atinar com rota tão maldizida,

sabida e cozida em desaninho e falácia.

Guarda, então, a direcção do baluarte, nem penses deixá-lo exposto.

Não achas mesmo que alguém com um mínimo de consciência

ainda te gaba o gosto, poinão?   

WAndrade – 09/06/2014

 

 

"Pitadas de Inferno" - Acordo

 

melhor solução...

 

 

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:57

Eu diria!

por WAndrade, em 08.04.14

Força tem quem acredita nela!

(WAndrade-28/12/2009)

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59

Hora

por WAndrade, em 17.07.13

"Ó, faz assim, se ficar difícil sair, se der medo, me liga, chama,

pede que eu vou te buscar.

O medo sabe muito bem quem sou eu e não se atreve a chegar

quando sabe que sou eu que ali estou.

Me chama que eu guardo tua mão na minha, conchinha,

te trago no abraço de que tanto precisas e te faço flor outra vez.

Acredita só mais uma vez e vem."

WAndrade 08/07/2013"

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:08

Dança

por WAndrade, em 24.06.13

De repente aquele salão era só os teus olhos…

de repente o mundo desapareceu e eram só os meus olhos

e os teus olhos…duas bolinhas de gude a correr dentro dos meus,

aflitos , a pedir respostas, a querer  vida, a saltar de mim em mim

a cada palavra, cada gesto, cada canto…

nunca um silêncio foi tão avassalador e calmo.

Nossos passos síncronos nas folhas, passos iguais

e depois, de longe, ainda vi teu olhar grudar no meu.

Fugiste, eu sei, mas daquele mundo que inventamos ali, não,

dele não te livras nem soltas.

Foi muito, foi tanto, todo o espanto da tua entrega nos meus olhos,

nos teus olhos.

WAndrade – 24/06/2013  

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:24

Certeza

por WAndrade, em 17.06.13

Ouviu a "flauta em sol" e, como sempre, tremeu.

Na disparada do coração tentou aparentar circunstâncias,

qual o que, estava em êxtase, mais que uma surpresa, uma esperança

tocou-lhe a alma tão enfastiada de carinhos.

Breves momentos de sonho haveriam de fazer-lhe companhia sabe-se lá

por quanto tempo mais.

Não importava, ouvia agora e agora sentia que vivia.

WAndrade - 17/06/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D


WA - Formadora Pedagógica Certificada - Formação Empresarial


Google

google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html