Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Soberbo

por WAndrade, em 02.10.16

É este domingo bonito, de sol manso e carinhoso e de praia, bela praia.

É a rede a chegar cheinha de peixinhos assanhados e gaivotas

apressadas a procurar o almoço.

É o mar a desmanchar-se em ondas irrequietas,

que brincam, que brincam.

Soberbo é o passeio no barco azul e branco, longe, lá longe…

É a mão que acena breve a ternura da espera.

Soberbo é pedra miúda sob os pés molhados, caminho

e algum tropeço engraçado.

Soberbo é quando alguém, com um sorriso, oferece um gelado…

WAndrade – 25/09/2016

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02

Apanha

por WAndrade, em 09.01.15

Sem ter o que fazer, o tempo permitiu-se um prazer, esparramou-se

na praia e tirou um cochilo.

Espreitava de longe… marujos desabençoados e zonzos, brindavam

desfeitos e mazelas, numa algazarra abatida e agastada. Sem norte.

Deixou-se ali ficar... estava sol... via e dormi, via e dormia. Tinha…tempo.

Fazia o que melhor sabe fazer, passava; navios passam, arrepios também, febres idem.

O tempo? Ah, esse passa e repassa na frente o que atrás foi semente…

Os marujos? Já devem ter dado com o tempo e suas... conversas.

Agorinha ele acordou.

WAndrade-09/01/2014  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:42

Oriente

por WAndrade, em 31.10.14

Daqui ainda vejo o mar, acredita.

E acredita também que, neste momento, é impossível

não lembrar teus olhos, os infantes de mel, como

querias, quando te fosses embora.

Que eu nunca mais pudesse abrir a janela.

WAndrade - 29/10/2014

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:55

Carioca

por WAndrade, em 29.07.14

Esclarecendo, eu não fui cortês com você, eu sou cortês, é meu jeito,

minha forma de estar, sempre e não quando me convém.

Não tinha o que temer.

Sua formosura é muita, mas não mexeu comigo tempo além do que devia,

há tempos que minha solidão me ensinou a não precisar nem expectar seja o que for.

Aprendi a ser por mim, comigo e para mim, seja no Algarve ou no Rio de Janeiro, portanto, a sua indiferença repentina não me trouxe nada que eu já não conhecesse.

Se eu entendi? Entendi, sim. Seu susto estava em cada um dos seus poros,

nos seus olhos (tão bonitos, tão tristes) a cada vez que batiam nos meus,

você ficou em pânico, não é?…

Eu? Eu fiquei na minha, “observando” (palavras suas), o suor das suas mãos…(você me deu a mão, lembra? Na praia, sorriu e me deu a mão...), você fazer de conta que nada tinha acontecido, disfarçando que o seu coração batia mais forte, descompassado mesmo, quando tínhamos que nos encontrar. Coisas de passeio em grupo...

Quer saber? Foi divertido, você pensando que ia me fazer perder a trilha

com a sua bela e jovem figura e eu assistindo você cair do cavalo com esta madura e interessante pessoa que sou eu.

Sorry, criança, tem suas vantagens!   

 

Obs: Agradeço a pomada…eu tinha em casa.

WAndrade – Algarve, 29/07/2014

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:54

Os cravos

por WAndrade, em 25.04.14

25 de abril, 5 da manhã, 5 graus. Cinco demais para uma cabeça

balançante, ainda, de rock and roll.

Aliás, nada como uma noite bem dançada de rock para desanuviar os miolos.

Estrada deserta, o povo em feriado repousa sua esperança de tempos

melhores em dias que ainda preocupam e desolam, ô povo firme!

Cada conquista o mar avista, sempre!

Acho que por isso sinto-me tão à vontade nessa terra!

 

WAndrade – 25/04/2014

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:13

Ops!

por WAndrade, em 18.11.13

 

WAndrade -18/11/2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:20

Arre!

por WAndrade, em 09.11.13

Custa o ser humano(?) dizer bom dia, obrigado(a), por favor e com licença?

Arre!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10

Complexo

por WAndrade, em 08.11.13

Navega certo o coração incerto que se dispôs a desinventar

o sentimento.

Calado, atravessa suas marés confusas e desarejadas.

Sozinho, espreita o distante, bem-querer que sufoca dia após dia.

Sem quem para o perceber, fantasia a vida, ilude a alma

a conseguir seguir.

Navega cego o coração varrido que tentou fingir.

WAndrade - 08/11/2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:54

Seguro

por WAndrade, em 08.11.13

Então quer saber de mim a uma distância segura?

Nada é seguro quando se trata da saudade...

ainda que abafada no mais fundo do fundo de nós mesmos.

O que sempre senti sobra ainda, e muito, e ainda

dispõe-se imaculado, forte.

Apenas teu.

WAndrade - 08/11/2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38

Adverbo

por WAndrade, em 02.11.13

É, eu posso não saber onde você mora, não importa.

Eu sei aonde você vive.

WAndrade - 29/10/2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:29


Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Wania Andrade - Formação e Revisão de textos e Conteúdo Online

WA - Formação e Revisão

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Wania Andrade -Formação e Revisão



WA - Formação Empresarial e Revisão de Conteúdo online