google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Ilusão

por WAndrade, em 08.06.14

Ah, criança, são as marés, elas mudam como o vento…

e se não ilumina o olho é porque não encantou a alma

e se esta não se alcança não adianta brilhar no dedo.

WAndrade – 25/04/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20

Personna

por WAndrade, em 28.04.14

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42

Camarote

por WAndrade, em 15.04.14

 

 

 

 

Isso, assim, muito bem!

 

 

Marcando território...

             

WAndrade

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:10

Disposição

por WAndrade, em 23.03.14

Baby, relaxa, nem tudo é má intenção!

Nem tudo é colisão, nem tudo quer dizer não.

Quer dizer, a não ser que você olhe para o lado.

WAndrade – 16/02/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

Gira, girassol!

por WAndrade, em 14.03.14

Não, não dou-me mais a promessas, apenas quero-te.

Agarrar nas tuas mãos quando ficam frias como agora,

ter-te em meu peito, vaga e insegura, criança,

namorar-te sob a lua cheia, abraçar-te na rua branca,

arder nas carícias de que tanto gostas.

Fazer-te festas e ver-te a rir, és tão doce!

Não, não dou-me mais a promessas, já disse,

Mas dôo-me a ti, miúda,

agraciada, quando és brilho em teus olhos de mel,

quando vês que me prendes inteira.

WAndrade – 14/03/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

Têmpera

por WAndrade, em 11.02.14

Então averba a felicidade e

regista o estar bem para a nobre (?) posteridade íntima

e exibe a chapa bem aparentada, que cruel…

Assevera doses de um alegreto inventado, que demonstrem

aos olhos alheios, o que os próprios evitam guardar.

Acredita, ah, no que lhe inflama o cobiçoso…carece.

 

É, nao há mesmo nada como um dia atrás do outro.

Que é da flor de outrora?

WAndrade – 13/01/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:07

Volta e meia

por WAndrade, em 02.11.13

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:01

Artista

por WAndrade, em 20.10.13

Não sou de espalhar-me no esgarçar alheio, nunca fui,

acho torpe a vingança, vileza dá-me náuseas.

Porém considero orgulho uma desfaçatez para consigo mesmo. 

Pra que? Onde mora a dignidade de quem não sabe pedir socorro,

seja em que contexto for?

Silêncio e frieza só demonstram, mais ainda, comprovam,

o quanto o sujeito está a debater-se no seu próprio desalinho,

escondendo-se nas praças mais profundas do seu desavir.

O que me atenta não são as palavras mas justamente a ausência delas.

Atitudes desamanhadas, opostas ao que sempre se foi, alertam-me

para o sofrimento alheio.

Cá do meu castelo aprecio, sem regozijo e apeada em desagrado,

o quanto dói o descontente.

Vontade minha é de abraço, que de falatórios não carece o sofrente.

Sei o que sente, vivo-o em mim e seria exatamente o que eu desejaria,

um abraço morninho e todo, que afastasse da alma a peleia,

anuviando os rasgos e desamargando o carreiro. 

Mas há quem prefira falir sem alarde.

Tem (des)gosto para tudo ...

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17

Semblante

por WAndrade, em 20.10.13

Um dia podia contar-te... detalhes dessa estória.

Um dia...

Porém, não gosto nada da ideia de macular a tua doce alma,

teu coração fresco de sentimentos genuínos e abrangentes.

Não merecias saber que tudo aquilo que (ouves) ouviste durante anos,

não passa de um enganbelo traiçoeiro, sob véus malfazejos que entornam

a alma frágil e desajeitada, que traça apenas vôos mirrados, corrompida

por outra, desvalida e vã.

São tempos de calar para não te sujeitar a tamanho desengano, não mereces.

Tramas estranhas exibem um estar bem que há muito se sabe roçado,

ranço na raíz. Firulas desguarnecidas de qualquer, qualquer verdade,

buscam inventar o que è morto, nato morto.

O orgulho, amo fartado desta triste fantasia, enlaça as pobres alegorias que

a ti são apresentadas como verazes galhardias e mascara o que por si só é fachada.

Por ora nada direi, meu afeto por ti é grande demais, meu respeito por tudo

o que construímos, maior ainda.

Mas um dia saberás a verdade e, se calhar, não por mim.

WAndrade - 14/10/2013


DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:49

Cenário

por WAndrade, em 23.05.13

Não, não corras para enfeitar o que só te deleitará a desforra fútil.

É escusado.

Teus sonhos não moram aí,

não é nesse leito que escorrem teus rios.

Esta ilusão embaraçada só te gasta,

na força que fazes para espantar-me de ti.

Não é aí que encontras o céu quando abres os olhos e

não vês os meus, navegados nos teus doces suspiros.

Não, não corras a mostrar-me um brilho que não te cobre.

Descubro-te nas tuas pisadas trémulas,

ainda que as insistas nobres.

Não é aí que encontrarás os braços que te carregam,

nave, nos carinhos do depois…

Ah, tua investida insólida de negar-me em teus devaneios e desejos…

não é aí que choras a emoção do teu prazer delicado e mais intenso…

delicado e mais intenso…delicado e mais, mais, mais…

Creia, não é aí…ainda que tentes, em sofreguidão,

arrancar de ti volúpias e frissons...és tua própria armadilha...

Ainda que passeies teus dias na novidade para esmagar-me

nas tuas lembranças, ainda que vistoso seja o caminho que ora exploras,

na ânsia de encontrar algum porto, não é aí, sabes bem, sabes bem...

assim como sabes onde deixaste o que sempre fará teus olhos

cintilantes e não dormentes e pobres como agora.

Não, não corras… mas se a ti regalam procuras  e a indiferença de te mostrares vulgar,

continua a tentar, meu bem…continua a tentar.     

WAndrade – 15/05/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:07


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas


Posts mais comentados


Wania Andrade - Formação e Revisão de textos e Conteúdo Online

WA - Formação e Revisão

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Wania Andrade -Formação e Revisão



WA - Formação Empresarial e Revisão de Conteúdo online


Google

google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html