google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


"Pitadas de Inferno" - Depende

por WAndrade, em 03.08.14

Oi?

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51

Beijinho no Ombro*

por WAndrade, em 03.07.14

Pelos outros não posso falar, mas para mim, “beijinho no ombro” é

(ou deveria ser) algo que só pessoas diferenciadas deveriam receber.

Exemplo, dei-me a mim própria um beijinho destes quando vi o meu nome na lista dos licenciados em Psicologia; quando do começo da remissão da doença; quando minhas análises estão sempre perfeitas, quando levanto 100g a mais no peso, na ginástica, quando avancei mais um bocado e comecei a fazer corridas, além das caminhadas e da bike, enfim, a cada vitória um beijinho.

Amigo que fica ali, junto, mesmo quando você só tem água para oferecer, esse merece beijinho no ombro.

Também concordo totalmente que beijinho no ombro seja para quem tem disposição, mas disposição de alcançar, jogando limpo, sem truques. Disposição para superar o que a vida, fazendo o seu papel, apresenta e quer recibo. Quem passa recibo para a vida, com carácter e força de vontade merece beijinho no ombro, não merece?

Enfim, beijinho no ombro é para quem faz acontecer sem derrubar, sem passar por cima e sem puxar tapete.

Aliás, quem é assim merece mais é Beijão na Alma!!!

WAndrade – 02/07/2014

*"Beijinho no Ombro" - Música deWallace Vianna, André Vieira e Leandro Pardal

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12

Confiança... no "Cordel"

por WAndrade, em 22.06.14

 

 Formatação: WAndrade

 Literatura de Cordel é uma poesia muito popular,

no Nordeste do Brasil, oriunda de Portugal.

São versos rimados que podem (e são) cantados.

Quem quiser experimentar, está á vontade!

 

Aqui, http://euminfeerrno.blogs.sapo.pt/tag/sacratu,

eu já havia me aventurado um bocadinho.

 

 WAndrade - 22/0672014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:14

Segmentos

por WAndrade, em 20.03.14

Onde achas que chegas com esses olhos tão destituídos de luz?

A quem pensas que iludes?

Com a chave do juízo desatrelada, essa pressa de inventar ilusão,

ingrisia mais a alma já tão inquieta.

Acaso imaginavas que eras contemporâneas

ainda rendessem as inebriadas peripécias do antes? 

Cismavas que a possante fortaleza emprestar-te-ia outras graças? Fanfarras!

Ao bambear a carcaça e no desamanho da cartilha,

conta-se com quem não conta.

Porque o arrimo é primo irmão da gratidão e esta já se vai a léguas longas.

WAndrade – 16/02/2014

 

Outra vez com a vida enrolada no pescoço, não é mesmo? Tão óbvio quanto o sol…

É, meu grande amor, nada saiu como a tua “ingénua” vontade de “voar”, não é mesmo?

Desculpe, mas tenho que dizer, eu sabia, só não avisei porque você, como sempre,

preferiu pisar no coração de quem sempre te quis com sinceridade, sem truques.

Mais uma vez você caiu no conto e agora está aí, sem chão, num viver sem horizontes, ou pior, o horizonte nublado tão conhecido, na prisão do compromisso escuso, sem brilho, cansado.

Você pode até fingir que está tudo bem. Eu sei, você nunca dará o braço a torcer, sua vida está um caos, sempre o caos de sempre. Emocional e agora financeiramente, eu sei, eu sei.

Não estou contente com isso que vejo, que sei pelos outros sem nunca perguntar, as coisas chegam até mim, até mesmo na rua, pessoas que não vejo há anos me vêm contar como a sua vida está ruim, como você está mal, etc... não, não gosto de saber disso, acredite, gosto demais de você e sinto muito tudo o que está a acontecer.

Mas é isso, foi a sua escolha. Duvidosa, mas sua.

Você não acha que eu acredito nessa farsa que você tenta passar de que sua vida é muito feliz, acha?

Eu sempre disse para você se perguntar porque se tinha afastado de mim, porque me ignorava, apesar de pensar em mim sempre e com tanta frequência. Você não sabe? Vá procurar saber, ponha atenção nas pequenas coisas, nos pormenores. Tudo o que está acontecendo tem um por que (eu sei qual é). Abre o olho, meu bem, não deixe para quando não tiver mais saída. Ou quando a saída for o aeroporto, porque aí… quero nem pensar…abre o olho, cuida de você… eu só posso falar daqui, porque como seus emails são controlados, assim como a sua vontade… e seu telemóvel…você pensa que eu não sei?  

Eu sei que você vem aqui quando sua cabeça já não tem tamanho, o buraco já toma todo o seu corpo, pensamento e alma, você vem aqui se buscar, se reencontrar. E, como sempre, eu digo, a chave continua na caixa do correio, à tua espera, sem cobranças, sem julgamentos, apenas à espera da tua volta, para te fazer feliz com verdade, como sempre fomos. A sua chave já deve ter sido jogada fora, claro, mas você sabe que pode chegar a hora que for.

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58

Gira, girassol!

por WAndrade, em 14.03.14

Não, não dou-me mais a promessas, apenas quero-te.

Agarrar nas tuas mãos quando ficam frias como agora,

ter-te em meu peito, vaga e insegura, criança,

namorar-te sob a lua cheia, abraçar-te na rua branca,

arder nas carícias de que tanto gostas.

Fazer-te festas e ver-te a rir, és tão doce!

Não, não dou-me mais a promessas, já disse,

Mas dôo-me a ti, miúda,

agraciada, quando és brilho em teus olhos de mel,

quando vês que me prendes inteira.

WAndrade – 14/03/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

Das palavras

por WAndrade, em 18.11.13

Mas eu não digo que é um infeeerrrno!!!!

Eu escrevo aquilo que sinto, do jeito que sinto,

o que vejo por aí, pelas quinas de cada um.

Oiço e pronto, virou mais um conto.

Nem sempre, aliás quase nunca, é de mim ou por mim.

Escrevo o que me contam, às vezes o que me pedem,

simplesmente escrevo, brinco de palavras e isso é muito sério.

Se quiser saber de mim, de mim mesma, daquilo que eu

vivo, sonho, quero ou necessito, não venha ao "Inferno",

escreva para mim, procure-me.

Ou telefone.

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:20

Relance

por WAndrade, em 08.11.13

Um sujeito sem caráter não serve nem para adjetivo.

WAndrade - 08/11/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:48

Uma estórias de amor!

por WAndrade, em 20.06.13

Amigos e frequentadore do "Infeeerrrno!

Quem quiser adquirir o meu livro "Umas Estórias de Amor"

basta mandar um email para mim: waniandrade27@gmail.com.

Eu envio pelo correio, após receber o comprovativo de pagamento.

O livro custa 15,00€.

Obrigada a todos,

Wania Andrade

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:01

Guardar?

por WAndrade, em 02.02.13


Só nomes...
DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:55

de quem escreve...

por WAndrade, em 29.01.13
Já tive um orgulho danado de algumas pessoas dizerem que tiveram este sentimento ao lerem alguns dos meus escritos. Fico muito grata!

WAndrade



Roubado da Sulinha
DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:12


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


WA - Formadora Pedagógica Certificada - Formação Empresarial


Google

google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html