google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Preocupação

por WAndrade, em 05.11.14

A tua alma boa não permite, ainda bem, que percebas

os meandros abandonados dos corações que são tristes mas não o admitem.

A coisa toda é muito simples, ontem eu acordei com saudades tuas, preocupada, sem saber bem porquê (depois o soube). O que eu fiz?

Te procurei, mandei mensagem, liguei e conversamos (uma conversa de afectos e carinhos e muito riso, como sempre).

É isso, quem se preocupa, procura, simples assim.

Rotas palavras de impressionar são apenas o que são, não valem o dízimo; descartáveis, deixam apenas um rasto…de sombra.

A mesma que escolta o abatido caminhar de agora.

Não o sabes, é claro, pois há quem sorva o orgulho como a uma sopinha farta e quente num dia de frio e chuva forte. Há quem encapote os próprios desassossegos, oferecendo silêncio

e dessaber, acreditando doer menos.

Há aqueles que acreditam que o amanhã só chega para os outros.

A arrogância dos desabitados.

Impressão nem de longe errada. Já era esperado.

WAndrade – 17/10/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56

Paralelas

por WAndrade, em 23.07.14

Boa tarde, a todos os mais de 11.000 amigos e mais do "Inferno".

Obrigada!

 

É curioso, quando eu postei isto:

http://euminfeerrno.blogs.sapo.pt/pitadas-de-inferno-especial-147428,

parecia estar a ter uma premonição ou coisa do género...

É, é mesmo um infeerrno!!!  Ou não!!!

 

Não é a primeira vez que falo disso aqui, mas a vida, a vida,

definitivamente é ávida, uma cobradora extremamente pontual, credo!

E não, isso não me deixa, absolutamente, feliz ou em regozijo,

ao contrário, sinto é um constrangimento agudo, um incómodo,

quase uma náusea.

E nesse momento só o que posso pensar é e se eu tivesse reagido da mesma maneira?

Sabe, e se eu tivesse dito: - “você gosta da sua dor, por isso ninguém consegue ajudar”.

E se eu não tivesse dito mais nada durante meses, ou ainda e se eu tivesse

simplesmente sumido?

É, meu bem, a vida é avida, ávida de voltas, ávida de contrapontos,

de contratempos e de impensáveis (?) contradanças, para nos mostrar

que tudo pode acontecer a todos a todo o momento.

Mas não se preocupe, estive, estou e estarei sempre aqui,

para o que der e vier, aconteça o que acontecer.

As suas duras palavras, as suas atitudes insensíveis, o seu sumiço nas horas

em que mais precisei, nada disso guardei... aprendi, superei e fortaleci.

 

Para poder agora, melhor do que antes, te dar a mão forte e o abraço apertado de que tanto precisas.

WAndrade – 23/07/2014

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23

Infinitamente

por WAndrade, em 15.12.13

Você nunca vai saber quanto eu te amei,

foi tanto que ainda nem eu mesma sei,

às vezes eu tento lembrar quando foi que

a vida parou para entrar você,

mas sei que foi nesse momento que eu vi

que emoção era coisa de Deus.

Você nunca vai saber quanto eu te amei,

você me mostrou o que é melhor em mim,

e foi isso que eu quis te dar, o que tinha de mais bonito

pois eu entendi que você é o meu infinito.

Você nunca vai saber quanto eu te quis

os sonhos que eu aprendi com este amor

quis tanto te dar, eu pensava que por ser tão grande

ia te fazer feliz, eu acreditei que te amando demais

essa dor esquecesses de vez.

Você nunca vai saber quanto eu te amei

mas posso te dizer que o meu amor ainda te espera

porque o meu amor é bem maior que o teu amor por ela.

WAndrade 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:27

Pacífico

por WAndrade, em 08.11.13

Não.

Não quero falar contigo às pressas,

como se estivesse a fugir do meu próprio destino.

Quero apear-me à tua beira, largar longe as tamancas,

deixar soltos coração, alma e pés para poder voar baixinho,

quase rente, nas temperanças do teu bem-querer.

WAndrade - 08/11/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33

Atual...

por WAndrade, em 02.10.13

Numas limpezas que estou a fazer

por aqui, encontrei este samba que fiz em Março de 1981.

Tem lá sua piada porque é, digamos, tão atual...

 

"Trato com seringa:

Num inventa que tu já não tem mais idade pra isso,

num procura, porque quem procura sempre acha

num agita, vê se não faz reboliço,

tu já tá manjado e neguinho vai rir na tua cara.

Num faz charme que tu já não tem mais 15 ano

Num faz rolo, sai com calma, sem alarde

num apronta, sai com jeito, num faz clima,

Quem não tem bum-bum, não faz trato com seringa

quem não tem bum-bum não faz trato com seringa"

WAndrade - 03/1981

PS: os erros de português são propositais, ok????

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44

Dói?

por WAndrade, em 30.09.13
DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:21

Coisa de criança

por WAndrade, em 27.09.13

É, estava com raiva, sim. Estava triste sim.

Decepção, ultraje, alma em penas.

Tão só nervos, vontade de jogar na cara, de fazer reboliço

e limpar as entranhas.

Acreditou, caramba, acreditou do fundo mais fundo, deu-se,

de bandeja serviu seu coração dolorido e mal sarado a um devaneio.

Então foi isso mesmo? Foi tudo uma grande brincadeira de… "criança"?

Ah, pois... dia das crianças. Ok.

WAndrade-27/09/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:39

Sem resultado

por WAndrade, em 13.05.13

Continua a tentar, meu bem...continua a tentar!

WAndrade - 05/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:11

filosofando

por WAndrade, em 16.02.13

Uma dor só é grande quando é do próprio, a do outro é só uma unha encravada.

 

Que aliás, dói como o diabo!

WAndrade - 16/02/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:09

Silencio

por WAndrade, em 19.07.11

Perdão se não te falo desta dor,

não te quero causar uma maior ainda,

não tenho o direito de lesar a frescura da tua alma delicada e gentil

jamais me permitiria macular o brilho que vejo nesses teus claros olhos-girassóis

Perdão se não te digo do lanho que dobra o coração em dor, ainda.

Perdão por ainda doer...

Perdão se não há barreira que impeça o rio de jorrar, mesmo com toda a força que tento, mesmo quando me imponho um risco na cara para não te faze doer (mais)

Perdão se não consigo ir além dessa grossa crosta que tanto te arranha, quando deveria

te aninhar e cobrir de mimos e doçuras

Se contigo não divido o que esgarça-me o peito é para resguardar-te de mim, protejo-te apenas da aspereza, da dureza da pedra, onde, ainda assim, te enconchas à noite, feito um passarinho que adormece no vendaval.

WAndrade - 19/07/2011

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


WA - Formadora Pedagógica Certificada - Formação Empresarial


Google

google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html