google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Certinho

por WAndrade, em 27.01.14

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02

Cuidados

por WAndrade, em 29.10.13

Sinhá, ô sinhá! Abre a janela, sinhá, olha que dia lindo!

O sol entrega-se terno nesse domingo folhado.

Sinhá, ô sinhá! Abre a casa, sinhá, tá sol, tá sol!

Mas antes, sinhá, ouve o que eu digo, abre o olho, sinhá!!!

WAndrade - 27/10/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:12

Tríade

por WAndrade, em 26.09.13

Blasé

O verão foi-se, "miúda" !

E o tempo quente acabou, "minha senhora"!

E setembro ? Setembro, afinal, está a ir-se…ou a rir-se, no caso.

Constata-se ímpar a iniquidade dos que bradavam sua alvura de caráter.

Tretas ! Cruéis e desnecessárias.

Como "vive" tamanha crueldade num só espírito ? Espírito ?

Eu disse espírito ?

Como convive com tantas máscaras um só ser ?

Não as confunde ? Não as mistura ?

"Essa é para usar com aquela tola, essa outra é para aquele outro tonto,

hum, essa aqui vou usar com o tal de ontem…"

enfim, deve ser a prática, quando troca de roupa

já veste a máscara correspondente.

Ah, tá, assim já se percebe…

 

Estepe

Nossa ! Deve ser horrível uma pessoa perceber que

só teve vez enquanto não havia nada

de melhor, digamos, $erventia…

deve ser muito mal a pessoa entender que tudo o que

lhe foi dito ou feito foi para ver se "ela para de falar", que coisa chata !!!

Deve ser devastador saber que só serviu enquanto dia$ melhore$ não vinham.

Ai, ainda bem que isso nunca aconteceu comigo…

 

Óbvios

Sabia que  sua participação que le théâtrede l'absurde seria,

por assim dizer, breve.

Não, não especial, apenas breve, apenas enquanto não aparecesse alguém,

se calhar, mais… int€grado ao t€xto, da falas mais macias, talvez,

alguém que trouxesse algo de mais…$$ubstancial …

À alma, é claro. Ah, é claro, à alma !

Sabia que os arrulhos em torno de sua estada eram acepipes frugais,

pouca massa e recheio parco, adornos de mesa magra.

Reis entretiam-se com sua feição crédula e tola e juravam

eterna comprazia, enquanto sorviam, eles sim, a porção farta das iguarias raras.

Sabia mas não ligava, était au-dessusde tels piègesdesegosflasques

Tudo evidente, suspirou de alívio e deitou a cabeça dolorida porém íntegra, podia.

O que não podia jamais esquecer era que as tais iguarias raras dos reis tinham recheio de…

marmota.

WAndrade - Setembro de 2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:16

Chegada

por WAndrade, em 25.09.13

Sem palavras, sem porques ou explicações

não é mais tempo de delongas...

longa demais já é esta ausência malvada...

brilhe minha alma com tua chegada basta.

Sem palavras, sem porques ou explicações

WAndrade-25709/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14

Lógica

por WAndrade, em 11.09.13

É. Pelo menos desta vez eu fui sabendo,

não caí , não me iludi, nem nada…

desta vez eu sabia, fui por motivos meus. À minha conta.

O dano mesmo, o dolorido, na verdade, não foi meu,

aliás, quis, do fundo do coração, que aquilo que eu tanto ouvia

não fosse real, fosse mesmo um imenso enredo, forjado na inveja,

na fofoquisse barata, nas palavras dos inexactos,

de viver obscuro e alma crua.  

Mas fui. Por mim, por aquilo em que acredito e, talvez, para

zerar minha inconstância e recomeçar.

Mentiria se dissesse que não doeu, doeu sim, mas doeu decepção

e não dor no coração… ai, que isso não era para ser rima.

Foi assim uma espécie de “ eu avisei!!!” de mim para mim mesma,

do qual não gostei, mas não gostei mesmo.

Agora, com a consciência tranquila e o senso de ter cumprido a sina,

parto mais uma vez…já nada mais procuro ou anseio.

Não entendi o traçado, nem o tal do bordado, mas finalmente, depois

da nova lambada, percebi que não tenho mando e talvez nem tempo.

 

É. Pelo menos desta vez eu fui sabendo.

WAndrade-11/09/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

Estou?

por WAndrade, em 07.08.13

Claro que não foi engano... você sabe, claro que sabe...

Só não tive coragem de dizer... da saudade, do amor

que ainda é teu...

Menti, desculpe.

Mas ouvi a tua voz...

claro que não foi engano...

WAndrade - 07/08/2013

 


Esconderijo

Eu não preciso ver você , saber de você, fuçar o seu facebook ou

perguntar, nada disso. Você vem a mim como os presságios. 

As mesas elegantes que você frequenta, tem caras...e bocas, meu bem, muitas bocas.

A sua tristeza, a sua não felicidade, as coisas que você finge ser,

seus arrependimentos, a sua vontade de me ver, de falar comigo, as suas vitórias,

aquela coisa forte e as engraçadas que nós

tínhamos, tudo o que você sente, chega até mim.

Nem eu sei como e porque, mas sinto.

Sinto quando você está mal, quando não dorme,

quando passa as madrugadas na net,

sei quando você me procura, às escondidadas, claro...

sei quando o seu trabalho está ruim, quando a sua cabeça

parece que vai explodir de tanta coisa

para resolver. Sei que o fogo já se extinguiu e você não sabe

o que fazer, com nunca soube nessas situações.

Sei que você se sente numa prisão...

sei que você, bem, a cama, sabe? É, eu sei de tudo!

Você não sabe, mas você é um pedaço eterno de mim

e eu de você, por isso eu sei tanto, eu sinto tanto.

Você não acredita, mas o que você vive lhe foi e é impingido.

Mais não me cabe a mim dizer. Descubra, fique alerta e saberá.

Você não fala comigo, não sabe se eu morri ou se vivi, como está

sendo a minha vida, se eu estou bem ou pior.

Você nunca se perguntou porque não fala comigo? Fique alerta!

Outra coisa que eu sei é que você não está bem, tudo vai mal, aliás,

mas o seu orgulho jamais deixará você dar o braço a torcer, portanto,

deixo aqui claro o meu amor (se é que precisa) e a certeza de que pode vir

quando quiser.

A chave da porta lá de baixo está sempre pendurada na caixa do correio

(por dentro) e a de casa, esta você tem. Ainda tem?

Para o caso de não ter, meu número você tem. Não tem?

WAndrade - 17/11/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34

Dela

por WAndrade, em 15.07.13

Era para escrever poesia

Que esta rima com todos os sentidos

Era para escrever poema de vida

Que esta já não se apruma

Do jeito que demanda o vício

Era para escrever verso tonto

Que este  inverga o jeito avesso de cada um

Era para escrever prosa, a rosa tão bela

Que esta dispõe de tempo  para passar

Porque se fosse para escrever de amor

Fazia um texto escarrapachado

Com o nome dela encimado

Moendo um vazio no peito

Chamando Jesus de meu nego

Pedindo-Lhe comprazia à alma que já quase jaz!

 

(Nesse caso um bolero caía melhor)

WAndrade -07/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:47

Tranquilidade

por WAndrade, em 07.07.13

Há coisas que nos chegam de repente, nos vêm à mão,

sem pedirmos ou pensarmos, sequer.

Um diz, outro diz, um retruca, outro futuca e pronto,

reinstala-se o sossego da alma, ainda que no meio-tempo

do desgoverno não consigamos usar tino e adequação em simultâneo.

Daí a dificuldade em ver o que está mesmo, mesmo à nossa frente. 

Ainda bem!

WAndrade – 07/07/2013

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:35

Sutil

por WAndrade, em 28.03.13


DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:45

Transparências

por WAndrade, em 05.03.13

Conhecia-lhe bem aquele alhear-se do mundo

e como abismava o em volta, num mergulho profundo no vítreo encantado e luzidio.

Sabia quando tentava apaziguar a balbúrdia do seu lá de dentro,

encopando-se em imensos silêncios concentrados.

Abstraía-se num seu secreto como uma fera ferida por si mesma. 

Conhecia-lhe bem o olhar desinquieto, passarinho de asa partida

que ainda que as tivesse sãs, não saberia para onde voar.

Traduzia-lhe os olhos desabitados, nus como o vento,

nus como agora.    

WAndrade – 03/03/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:58


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


WA - Formadora Pedagógica Certificada - Formação Empresarial


Google

google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html