google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Acesso

por WAndrade, em 23.10.16

O que leva e traz… leva e traz, invariavelmente.

O vento que lá ventou, aqui é conforme e também já soprou as suas

alcovitices, inflou os balões da mexeriquice e trouxe ais e uis de risadas,

deboches, ironias e um qualquer anúncio, à risota, sobre caras, vincos e assins.

Portanto, para descanso da alma e branquejar do avalio próprio,

quer dizer, do carácter, é imperioso entender que não se leva para

a vida o que vem amasiado com os copos.

As mesas de congratulações, assoberbadas de borbulhâncias à

descrição, têm olhos e… bocas, muitas bocas. E mais copos.

A depender do quanto vai a dentro, até para extroverter tão benfazeja

existência, faz-se papel de tolo... aqui, acolá, aonde quer que cante ou conte o vento.

Ou o que leva e traz.

WAndrade – 25/01/2015

Ninguém fala de ninguém sem motivo. Nem bem!

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:42

Capaz?

por WAndrade, em 09.10.16
"Éstenção! Éstenção!"*
"É que eu jamais seria capaz de matar alguém e não sei o que mais...e..."
E diria minha prima: "- seria sim...dependendo da situação, seria sim"...
Ok, situação:
O ser humano acorda, depois de uma noite super, abre as janelas, e tá lá aquele solão, maravilhoso, dia lindo, e parte para o domingão.
Caminhada no parque, Nívea toda satisfeita, de rabinho arrebitado (não sei quem gosta mais de sol, ela ou eu), quando aparece um amigo dela...aff, um meliante que atende pelo nome de "Capuccino" e que mostrou-lhe, há um tempo atrás todas as "delícias" cá do parque São Matheus, incluindo o pequeno córrego que por ali passa.
Sendo que não estamos em alturas de chuvas, temos noites úmidas, mas neca de chuva, conclui-se que o córrego encontra-se quase, eu disse quase seco, coberto por uma relevante camada de...de...lama (porra!), local onde o filha da puta do Capuccino se lembrou de leva a danada da Nívea a passear. Entraram, pois, os dois e eu não dei por isso. Aliás só vi quando uma coisa completamente preta e pisganhenta saiu por detrás das flores. Aquela coisa era "The Nívea", totalmente enlameada e feliz.
Sim, minha prima, eu seria capaz de matar alguém.
 
Situação:
O ser humano aí de cima, depois de dar banho na coisa pisganhenta e enlameada, merecia um fino geladinho, daqueles de doer os dentes, certo?
Certo. Entrei no café, dia lindo, tal, tal,tal, e pedi o tal fino. Entre cumprimentar o dono, meu amigo, e pedir o fino, ouvi um som (?). Que maravilha! Era uma coisa estridente, alta, esganiçada, e......constante. Pelo que pude perceber, o "som" referia-se ao desejo de um ser minúsculo (como consegue?) por um gelado, que o desgraçado do pai, ou algoz, sei lá, não queria providenciar. E o som foi aumentando, justo à minha beira, aumentando, e o gelado não vinha; veio o meu fino, que neste momento já havia perdido toda a graça e sabor, e mais uma vez...
minha prima tem toda a razão.
*Presta atenção, presta atenção!
WAndrade - 09/10/2016
DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:42

Giftup's

por WAndrade, em 05.10.16

O “Infeerrno” tem preferências, eu sei e bem sei, por isso deixo-o bem à vontade.

Sem parênteses, sem delongas e sem palhaçadas.

Aqui é a minha, eu disse a minha, rede social.

Aqui digo o que quero, do jeitinho que penso, aqui eu posso tudo.

Inclusive observar, coisa que eu adoro…

Aguardem...

Bom feriado e, como sempre, todos são bem-vindos!  

Todos!    

chão1.jpg

 

                                                      

      WAndrade - 05/10/2016

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10

Prontidão

por WAndrade, em 30.05.16

Tem que marcar, não é?

Marcar o território, ficar em cima, de olho, reforçar

de quando em quando.

Não pode descuidar, tem que estar atento, ali, na marca do penalti.

Pressentiu "perigo"? Encosta, se apresenta e faz pressão.

Sempre alerta, alerta!

boa vida.jpg

É, o amor requer muito equilíbrio, muito equilíbrio!

 WAndrade - 30/05/2016

 

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:25

Estratégia

por WAndrade, em 14.05.15

preto velho.jpg

 Amigos do Infeerrno!

Dia dos pretos velhos, "devagar, devagarinho" e...sempre!

Já falei aqui, em alguns dos meus textos, que Força tem quem acredita nela e Sorte também!

Toda superação requer força interior, mas um tantinho de sorte não faz mal a ninguém.

Só que tudo isso sem Fé não adianta de nada, nadinha. Fé é raça, é objetivo, é amor.

Fé é querer bem, por causa e apesar, seja como for. É mirar o caminho,

ainda que não se veja a estrada.

Bênçãos e paz a todos nós e obrigada pelos mais de 15.000 amigos

deste blog.

 

Um abraço demorado,

Wania Andrade

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:39

Paulo

por WAndrade, em 13.05.15

Quando a lágrima brilhou no olho miúdo, toda a mágoa se desfez em vontade de abraço.

Em pegar na mãozinha e chamar de meu bem, bem apertado.

Aquela tristeza toda não lhe gabava o gosto, brotava era afeto

e confeitos de acalantos. Mimos para uma alma em queda…talvez.

Era agora livre para decidir, escolher e caminhar.

As pedras afinal servem para que?

 

Apenas deixou a porta aberta.

E mais não fez.

 

WAndrade – 13/05/2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:32

Caríssimo

por WAndrade, em 13.05.15

Aprecie! O baile sempre segue, sempre.

Vezes morno, vezes arretado, noutras chumbado, sempre segue.

Sendo o baile do vizinho, que não nos incomode, que siga!

Mas…quando o baile é nosso, ah, camarada, aí a coisa muda de figura, não é mesmo?

O queremos animado, musical e fervente, anunciado e declarado,

até inesquecível.

E se assim não for, cala no peito um tumtumtum de lamúria quieta e só, somente nossa.

É, o baile do outro que se dane, se não nos é de serventia.

Mas o nosso, dói quando começam descompassos e desafinos, hein?

Dói?

WAndrade – 13/05/2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:19

Encanto

por WAndrade, em 12.05.15

Agora não. Já não preciso d’alguma alma que te impure o solo.

Não, já não quero balbúrdias que nos impeçam o sono apaziguado.

Nem carrancas ou fragrâncias insolentes que te

chamusquem a boniteza.

És minha e somente minha, feita de mim a todo o meu custo,

a toda a dor que ora já não pratico.

Desdoí dentro de ti para me entregar aos teus cantos ora rubros,

ora silentes, sempre meus, sempre meus.

Em ti toda a minha dolência de aprender a ser só, contigo e bem assim.

Hora de encantar-te, porto meu, de alfazemas e manjericão.

Mergulhar, em paz, nesse cantinho de sol que dás-me pela janela.

Pela tua janela.

WAndrade – 12/05/2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:06

Ciência

por WAndrade, em 11.05.15

o pato.jpg

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:53

Dela

por WAndrade, em 25.12.14

E de repente, depois de tanto, percebeu que não faltava mais nada…

fnatal2014.jpg

 

cnatal2014.jpg

 

 

enatal2014.jpg

                                      talvez um pouco de picante…

 

Feliz Natal!

WAndrade-25/12/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:52


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


WA - Formadora Pedagógica Certificada - Formação Empresarial


Google

google-site-verification: google10c0e84895c1ca43.html