Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Educaçãozinha

por WAndrade, em 28.05.17

Então...só coisa boa acontecendo, vitórias, alegrias, novos

conhecimentos, tanta gratidão a professar que ficaria

muito comprido escrever tudo isso. É o sentir, olha!

Foi receber amiga, foi visitar amiga, foi festa, foi reencontro com

amiga, foi saber que a vida se dá para quem se oferece limpo e

fresco na alma, sem nódoas, coração, sem nódoas.

É saber com gosto que o rasto que se deixou foi de honra, de carinho,

de verdades... deixe um rasto de verdades!

É saber olhar para si mesmo é sentir paz naquilo que se vê no...

espelho, claro, em qualquer um deles, em todos eles.

Obrigada vida! Orgulhosa de olhar para você do mesmo nível,

olho no olho.

opção.jpg

 

WAndrade - 28/05/2017

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51

Amor*

por WAndrade, em 01.06.15

Minha amiga chega hoje.

Aquela que, de todos, não me julgou, não se encheu da minha tristeza,

Não me disse “verdades” na cara. Não passou batida, nem nunca disse que "precisava sair...".

Quando ficava muito cheia dos meus enredos, dizia: - “Caralho, vai lavar uma roupa, lavar uma loiça!”

Mas ficava e ouvia, ouvia, ouvia. Sempre ficava.

Num Natal trouxe as crianças para que eu tivesse uma família. E comemos pizza com cerveja. Foi o Natal mais lindo que já tive.

Minha amiga chega hoje, com o seu amor de sempre. Talvez um dia eu conte esta história linda.

Vai-me encontrar renascida, refeita e feliz, tudo coisa começada por ela. Vai encontrar a casa linda, lavanda e manjericão, minha e toda nova; o feng-shui que ela me ensinou e me deu tempo para aprender. Sempre junto comigo.

Sua filha, hoje em França, escolheu passar o Natal deste ano comigo, para sentir-se…em casa.

Minha amiga chega hoje e vai fartar-se de ouvir, desta vez, minhas alegrias de criança que ganhou (conquistou) brinquedo novo, vai ver de perto o que a sua amizade e o seu amor (re)criaram, quando paciência e carácter não lhe faltaram.

Vai ver, agora sim, uma pessoa outra vez inteira, que venceu a si mesma, luta doída e solitária.

Vai encontrar**, finalmente, lágrimas de alegria, agradecimento e de uma saudade "filha da puta" (palavras que ela dirá, certamente) .

Sejas muito bem-vinda, minha amiga! Obrigada por tudo! Obrigada por mim!

WAndrade – 01/06/2015

*para Lena Gino

**ah, claro, e vai encontrar um espumante fresquíssimo à sua espera!

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29

Dela

por WAndrade, em 25.12.14

E de repente, depois de tanto, percebeu que não faltava mais nada…

fnatal2014.jpg

 

cnatal2014.jpg

 

 

enatal2014.jpg

                                      talvez um pouco de picante…

 

Feliz Natal!

WAndrade-25/12/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:52

"Pitadas de Inferno" - Especial...

por WAndrade, em 20.07.14

Dia do amigo!

 

 

WAndrade - 20/07/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:39

Janelas de Outono

por WAndrade, em 19.04.14

Com grande prazer e a alegria de um reencontro marcado pelas estrelas,

pelas folhas de um outono longínquo (ainda bem), divido com vocês,

meus 9000, esta escritora, cantora, dona de artes tantas: Vera Mello.

 

Algumas folhas de maple

resistem à crueldade do frio

elas me indicam o rumo do vento

o destino dos sonhos

o valor do acaso

meu tempo de ocaso

pra elas me visto

por elas caminho

por elas me atalho

e é delas que ainda me valho

quando desfolho

e insisto

Vera Mello, Montreal, Outubro de 2009

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:21

Um mimo

por WAndrade, em 16.04.14

Ah, meu bom amigo, não sei o que dizer...

mesmo de dentro destes meus milentos anos de estrada,
não te sei responder...
não sei de que alegorias usar para desanuviar o que sentes.
Talvez por sentir o mesmo.
Mas de uma coisa sei, de certeza: não passa...
congela, se é que isto adianta de alguma coisa, dorme-nos...pra lá da alma...
entorpece, se é que isso tem alguma serventia...
no mais, o sábio de nós dois és tu, então
"calma, calma que ainda lá não chegamos!",
a procissão ainda vai no adro e nós ainda vamos nos rir disso tudo.
Um beijo.
Para o Victor, depois de mim, meu capricorniano preferido.
WAndrade - 16/04/2014
DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:44

Demais

por WAndrade, em 27.03.14

Desculpe, desculpe, desculpe, mas eu vou, decididamente, eu vou fingir que não vi, ok?

 

Teus olhos são lindos demais e urgem demais…e, saibas, “dizem” demais…

o teu sorriso, lindo demais, aquele, de hoje, foi o sinal que não vou transgredir, não vou.

Talvez me arrependa? Talvez… mas é arriscado demais. E logo eu que não me furto a desafios.

Pois, és um desafio que me permitirei não enlaçar.

Se te abraço uma vez, jamais vou querer largar.

WAndrade – 27/03/2014   

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:59

Patrulha

por WAndrade, em 21.03.14

Olha só, o armário é de cada um,

e cada um faz com ele o que quiser, certo?

WAndrade – 20/03/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:02

Segmentos

por WAndrade, em 20.03.14

Onde achas que chegas com esses olhos tão destituídos de luz?

A quem pensas que iludes?

Com a chave do juízo desatrelada, essa pressa de inventar ilusão,

ingrisia mais a alma já tão inquieta.

Acaso imaginavas que eras contemporâneas

ainda rendessem as inebriadas peripécias do antes? 

Cismavas que a possante fortaleza emprestar-te-ia outras graças? Fanfarras!

Ao bambear a carcaça e no desamanho da cartilha,

conta-se com quem não conta.

Porque o arrimo é primo irmão da gratidão e esta já se vai a léguas longas.

WAndrade – 16/02/2014

 

Outra vez com a vida enrolada no pescoço, não é mesmo? Tão óbvio quanto o sol…

É, meu grande amor, nada saiu como a tua “ingénua” vontade de “voar”, não é mesmo?

Desculpe, mas tenho que dizer, eu sabia, só não avisei porque você, como sempre,

preferiu pisar no coração de quem sempre te quis com sinceridade, sem truques.

Mais uma vez você caiu no conto e agora está aí, sem chão, num viver sem horizontes, ou pior, o horizonte nublado tão conhecido, na prisão do compromisso escuso, sem brilho, cansado.

Você pode até fingir que está tudo bem. Eu sei, você nunca dará o braço a torcer, sua vida está um caos, sempre o caos de sempre. Emocional e agora financeiramente, eu sei, eu sei.

Não estou contente com isso que vejo, que sei pelos outros sem nunca perguntar, as coisas chegam até mim, até mesmo na rua, pessoas que não vejo há anos me vêm contar como a sua vida está ruim, como você está mal, etc... não, não gosto de saber disso, acredite, gosto demais de você e sinto muito tudo o que está a acontecer.

Mas é isso, foi a sua escolha. Duvidosa, mas sua.

Você não acha que eu acredito nessa farsa que você tenta passar de que sua vida é muito feliz, acha?

Eu sempre disse para você se perguntar porque se tinha afastado de mim, porque me ignorava, apesar de pensar em mim sempre e com tanta frequência. Você não sabe? Vá procurar saber, ponha atenção nas pequenas coisas, nos pormenores. Tudo o que está acontecendo tem um por que (eu sei qual é). Abre o olho, meu bem, não deixe para quando não tiver mais saída. Ou quando a saída for o aeroporto, porque aí… quero nem pensar…abre o olho, cuida de você… eu só posso falar daqui, porque como seus emails são controlados, assim como a sua vontade… e seu telemóvel…você pensa que eu não sei?  

Eu sei que você vem aqui quando sua cabeça já não tem tamanho, o buraco já toma todo o seu corpo, pensamento e alma, você vem aqui se buscar, se reencontrar. E, como sempre, eu digo, a chave continua na caixa do correio, à tua espera, sem cobranças, sem julgamentos, apenas à espera da tua volta, para te fazer feliz com verdade, como sempre fomos. A sua chave já deve ter sido jogada fora, claro, mas você sabe que pode chegar a hora que for.

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58

Amor de amigo

por WAndrade, em 26.01.14

É que não há dinheiro que pague ter-se um amigo assim!

 

"Presente da minha querida, amada, genuína, oficial, louca, descabida, humorada, enfim - dessa pessoa que é um tudo numa alma só, Wania Andrade.
Amei demais. Lindo demais.
Poderia ter passado a noite toda acordada na esperança de escrever algo parecido ... E não, não iria conseguir.
Mas ocorreu-me:
"Meu Inferno, que é tão meu e tão teu. Tão quente. Quero que sinta as labaredas. As faíscas. O amor ardente. A loucura. O calor. Esse Inferno tão meu e tão seu. Impaciente. Cheio de dor.
É assim o fogo que sai da boca do meu fogão.
E é assim o ardor que sai do meu forno.
E mais do que isso, é o inferno que sai de dentro de mim."

Rebecca Rostagno."

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Poemas e Crónicas

Rebecca Rostagno - Arte nos temperos!

Palavra de Vidro

O Inferno no Likata