Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Justo

por WAndrade, em 27.03.16

         

fez.jpg WAndrade - 27/03/2016

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:15

Desnorte

por WAndrade, em 01.09.15

Sai do meu silêncio, pelo amor de Deus, já que eu não consigo

deixar de ser teu.

Muda de caminho, desinfecta, sai, deixa-me deixa sozinho,

vê se te distrais com algum outro pergaminho.

Este peito é meu, nunca que eu pedi as tuas mãos aqui, tão próximas

de serem dor de me tocar, nunca quis teu rosto tão rente do meu,

tão rente, tão quente, nem tentes, te arranho a sério.

Sai da minha língua, que esse doce é meu, fundo assim amargas …

que é que foi que te deu?

Não sou teu avesso, nem tua metade, nem teu lado peste ávido

de partes, nem teu lado santo húmido de culpas.

Sai dos meus domínios, bebe o teu dulçor, já que não consegues

deixar de ser eu.  

WAndrade – 01/09/2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02

Muda

por WAndrade, em 29.04.15

Olá, amigos do Inferno!

Mudança de layout para ficar mais levezinho.

Espero que gostem e que continuem a visitar.

Um forte abraço,

Wania Andrade

WAndrade - 29/04/2015

Podem continuar a procurar pelas tags e pelos nomes dos textos. Obrigada.

Bem-Hajam!

 

 

 

Então...pediu à coleguinha para vir ao blog, foi???? Fez queixa???

Pois é, eu soube e confesso que rimos muito. A diferença é que eu sou, digo e faço,

pela minha cabeça e vontade, não sou marionete de ninguém.

Isso ninguém contou, não é mesmo?

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:21

hie sentiat

por WAndrade, em 16.04.15

hie sentiat.jpg

 Hoje? Tem muito ontem que se lhe diga...sorrisos!

WAndrade

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12

Domingo de Páscoa.

por WAndrade, em 05.04.15

Amigos do Infeerrno, a ementa do dia da Páscoa: Salmon Malandro.

E não? Quem nã tem bumbum nã faz trato com seringa, já dizia

Wania Andrade, mas isso é uma outra estória, de rir também,

mas, quem sabe, para outro momento.

No mais, um verde fresco, bem fresquinho e a certeza de que

o que hoje faço por alguém, amanhã será feito por mim. Quem bom!

Boa Páscoa a todos!

salmonwan.png

wanpascoa8.jpg

wanpascoa11.jpg

 WAndrade - 05/04/2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:38

Um de abril...

por WAndrade, em 01.04.15

saudade1.jpg

WAndrade - 01-04-2015

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:45

Tiê

por WAndrade, em 01.03.15

liberdade.jpg

 

WAndrade-01/03/2015

Ca c'était quoi?

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:42

Relevo

por WAndrade, em 19.02.15

‘Tava mesmo vento, um cortante de todos os lados, puxou o mais que

pode a gola do casaco, a proteger o pescoço, e saiu assim,

sem medo daquela friagem.

Gelo já tinha há tempos no coração, não era novidade.

Novo mesmo foi aquele encontro, depois de tanto tempo, aquele olá,

oferecendo a cara a um beijinho.

Pensou que ali tinha coisa, mas deu de si educação e retribuiu o cumprimento.

Aquilo sim era gelo de sua parte.

Manteve o olá apenas e seguiu a sorrir de leve,

perante o espanto do outro lado.

Sabia que ali teria conversa, pressentiu o assunto mas não voltou nem a cabeça.

Há muito que tinha ciência do que seria falado e, sinceramente,

não lhe interessava nem um pouco. Não folgava o fracasso alheio.

Agora, nem pena tinha.

WAndrade – 18/12/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

"Aperit oculum"!

por WAndrade, em 07.02.15

abreolho.jpgWAndrade15/01/2015

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:26

Líchia

por WAndrade, em 22.01.15

Nem chateação, nem aborrecimento. Nem pena, nem dó.

Talvez compaixão, que é de ter.

Bárbaro, em anseios das pratas, idolatra o fidalgo, aliciando-lhe

as benes, os apoios e a própria desgraça.

Alma acanhada assim definha, coitada, nem sonha o que lhe ceifa

o arbítrio, apenas zonza pelos cantos da vida, encalhada numa

estância alquebrada e fria;

incônscia e sem forças, deriva em si mesma…tonta…

Num escambo medonho e murcho, partilham-se sombras e foices…,

delusões…delírios entre aparências e bongôs.

Os descaminhos rebentam (aquilo que malgrado nasce…)

neste estirão sem norte, já vazio de figurantes

(desandos não rendem plateia).

Arrastos de um desenredo inanimado.

WAndrade-27/12/2014

então era isso?

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Poemas e Crónicas

Rebecca Rostagno - Arte nos temperos!

Palavra de Vidro

O Inferno no Likata