Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Justamente

por WAndrade, em 28.07.17

justamente.jpg

 Amém!

WAndrade - 28/07/2017

Só assim mesmo...

feiticímetro.jpg

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:09

Natal!

por WAndrade, em 23.12.15

natal.jpg

A todos os amigos, leitores, seguidores, comentadores do infeerrno, uma noite muito feliz!

Um forte abraço,

Wania Andrade

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53

Fábula

por WAndrade, em 19.10.14

música.jpg

 

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:54

Escritas I

por WAndrade, em 09.06.14

Mais uma vez preferiu ignorar o chamado da lua,

mesmo sabendo que no maior dos escuros

voz é denúncia, ainda que pretenda júbilo.

WAndrade-09/06/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:02

Escritas

por WAndrade, em 04.06.14

Repara que o universo está a dar-te uma oportunidade.

Agarra com mãos, braços e pernas mas não lhe dês com os pés outra vez.

Repara o movimento que a vida fez para oferecer-te alegria plena.

Atiça teus sentidos, ora frouxos, e percebe a chance delicada que as luas,

sempre elas, proporcionam a ti, de refarzer-te em flor viva.

Ouve, com atenção, o vento que te chama àvido e se mostra pleno para

os teus desejos de paz.

Abre os teus olhos, franqueia o teu coração amansado e coxo

(sentes), segue esta pista inesperada,

pois este é o caminho que sempre seguirás.

Ainda que não saibas.

É claro que sabes!

WAndrade – 04/06/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:11

Vaylevand

por WAndrade, em 12.02.14

Não, não desadentres do véu que ele mais propõe interesse

e, ainda que não queiras, emoldura tão fugidia presença.

Aquieta-te na estância do indistinto, que assim preservas mais

o anseio que até aqui te traz.

Queda-te no obscuro já que as lendas sobrevivem, jazem sobre o tempo

folgam o inesperado encontro e, quiçá, te poderão trazer o mais de tudo do que precisas.

Paz.

WAndrade – 05/02/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Solução

por WAndrade, em 16.11.13

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:46

Sabbatum

por WAndrade, em 20.07.13

Às vezes pensava que apesar de todas as diferenças

nas histórias que se descruzaram por motivos vários,

que apesar dos momentos dissemelhantes,

dos desaveres e desavinhos, das entrelinhas e distância, pensava…

Pensava que apesar do laçarote gasto e mal feito naquele

presente descabido e que apesar de viver e desviver só seus descosturos 

e desalinhos...

sabia, como sabia, passavam, cada qual com sua sina,

os sábados assim, na mais completa solidão…

WAndrade – 20/07/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40

Certeza

por WAndrade, em 17.06.13

Ouviu a "flauta em sol" e, como sempre, tremeu.

Na disparada do coração tentou aparentar circunstâncias,

qual o que, estava em êxtase, mais que uma surpresa, uma esperança

tocou-lhe a alma tão enfastiada de carinhos.

Breves momentos de sonho haveriam de fazer-lhe companhia sabe-se lá

por quanto tempo mais.

Não importava, ouvia agora e agora sentia que vivia.

WAndrade - 17/06/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14

Em paz

por WAndrade, em 15.04.13

 

Saber que aquilo que ronda o dia-a-dia é espuma rala,

só resvala, mas vá lá…

Viver noites repletas de insignificantes texturas,

onde a teimosia agora débil tateia indefesa e

num "dá para o gasto" desconfortável,

que o orgulho agora roto aceita cabisbaixo.

Tragar as soluções dos magos na finta

de envergar o que ansiou sucesso e, assim,

esparramar na cama áurea a imensidão… dos solitários.

Ah sim, é paz!

WAndrade – 15/04/2013

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:21


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Poemas e Crónicas

Rebecca Rostagno - Arte nos temperos!

Palavra de Vidro

O Inferno no Likata