Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Personna

por WAndrade, em 28.04.14

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42

Os cravos

por WAndrade, em 25.04.14

25 de abril, 5 da manhã, 5 graus. Cinco demais para uma cabeça

balançante, ainda, de rock and roll.

Aliás, nada como uma noite bem dançada de rock para desanuviar os miolos.

Estrada deserta, o povo em feriado repousa sua esperança de tempos

melhores em dias que ainda preocupam e desolam, ô povo firme!

Cada conquista o mar avista, sempre!

Acho que por isso sinto-me tão à vontade nessa terra!

 

WAndrade – 25/04/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:13

Na lua*

por WAndrade, em 23.04.14

Olha, se tenho a lata de o tratar por tu, sem cerimónia,

assim, na frente de todos, é porque de dragões, espadas e lanças

também já tive o meu quinhão, trago fundido na alma o que

se lhe diga a respeito.

E também porque, um dia, sei lá, há tempos, já fomos próximos, lembras, não lembras?

Trazia-te enganchado no fio do pescoço, como meu pai, para saberem que

aqui tinha porto, não me viessem aldrabar o caminho,

nem destratar o sentimento, muito menos desacorçoar as fornalhas.

Perdemo-nos…perdi-me…atalhos e infernos, batalhas minhas, encontros duvidosos, devaneios.

Hoje lembro de ti, teu dia, num apelo de desencanto e esperança.

Salve! Salve Jorge*!

Wandrade – 23/04/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:45

Cuidados

por WAndrade, em 19.04.14

Girassol, bem queria falar contigo hoje.

Agradecer com flores e abraços por teres ficado,

quando a vida fingiu que não viu.

Beijar teus olhos de mel, que viram carinho

onde nem eu queria bem olhar.

Pegar tua mãozinha delicada, que cuidou do dói-dói

como quem brinca de flor, e amarrar na minha como quem quer casar.

Enfim, beijar tua boca doce, doce de fruta tão doce e, ali, dentro dela

te dizer…

ah, deixa...se quiasesses ouvir...

 

Para o girassol que cuidou de mim.

WAndrade – 16/04/2014  

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:37

Não sei quem ficou mais emocionada, eu ou ela, que, de dentro daquela

sua seriedade constrangedora, recebeu-me com festa.

Há dois anos éramos duas estranhas, duas forças que,

sabe-se lá por quais bordados, tiveram que aliar-se para vencer.

Foi o destino? Foi a vida? Foi a mudança da maré?

Não sei e nem importa.

Com a voz firme de sempre mas com uma alegria que eu jamais conheci, diz-me ela*:

-“Pronto, sua próxima consulta…abril de 2015!

Acabaram-se as consultas semestrais”

Não sei quem estava mais emocionada, ela ou eu.

*Drª Tania – A outra mão firme da minha radioterapia.

WAndrade – 16/04/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:26

Janelas de Outono

por WAndrade, em 19.04.14

Com grande prazer e a alegria de um reencontro marcado pelas estrelas,

pelas folhas de um outono longínquo (ainda bem), divido com vocês,

meus 9000, esta escritora, cantora, dona de artes tantas: Vera Mello.

 

Algumas folhas de maple

resistem à crueldade do frio

elas me indicam o rumo do vento

o destino dos sonhos

o valor do acaso

meu tempo de ocaso

pra elas me visto

por elas caminho

por elas me atalho

e é delas que ainda me valho

quando desfolho

e insisto

Vera Mello, Montreal, Outubro de 2009

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:21

Bom como chocolate!

por WAndrade, em 19.04.14

Mais de 9000 infernautas! Mas eu não digo que é um infeerrno!!!!!!

 

Agradeço as visitas, partilhas, comentários, emails. E agradeço,

principalmente, pelo respeito de todos os que aqui vêm!

Um abraço,

Wania Andrade

WAndrade - 19/04/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:12

Um mimo

por WAndrade, em 16.04.14

Ah, meu bom amigo, não sei o que dizer...

mesmo de dentro destes meus milentos anos de estrada,
não te sei responder...
não sei de que alegorias usar para desanuviar o que sentes.
Talvez por sentir o mesmo.
Mas de uma coisa sei, de certeza: não passa...
congela, se é que isto adianta de alguma coisa, dorme-nos...pra lá da alma...
entorpece, se é que isso tem alguma serventia...
no mais, o sábio de nós dois és tu, então
"calma, calma que ainda lá não chegamos!",
a procissão ainda vai no adro e nós ainda vamos nos rir disso tudo.
Um beijo.
Para o Victor, depois de mim, meu capricorniano preferido.
WAndrade - 16/04/2014
DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:44

Camarote

por WAndrade, em 15.04.14

 

 

 

 

Isso, assim, muito bem!

 

 

Marcando território...

             

WAndrade

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:10

And the Oscar go to…

por WAndrade, em 09.04.14

Olha, sinceramente, no fundo, lá, naquele fundo onde nunca gostamos

de mexer, (aquele que evitamos até dizer que temos), ali, bem ali, sabia!

Afinal, o que tinha para oferecer era “apenas” amizade, carinho, apoio,

gentileza, sinceridade, um ou outro mau feitio e não sempre,

e estar sempre junto, viesse o que viesse.

Dinheiro não tinha, não; o carro era velho, andava, é verdade,

mas com algumas limitações.

Posição também não tinha, nem influência.

Mas tinha educação e carácter e isso, com certeza, abria muitas portas, muitas e boas!

De toda a forma, muitos parabéns!

Pela interpretação vigorosa e incontestável e mais, duradoura.

Tão duradoura que, aos mais crédulos (tolos), fez parecer verdadeira.

Um autêntico “sucesso de anos em cartaz”!

No mais, apenas a incredulidade do ver o quão desviáveis podem ser as

personalidades humanas e a tristeza de constatar, mais uma vez, que,

de certo mesmo, nem a nossa sombra…

até ela se vai quando apagam-se os refletores…

WAndrade - 09/04/2014

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:37

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Visitas




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Poemas e Crónicas

Rebecca Rostagno - Arte nos temperos!

Palavra de Vidro

O Inferno no Likata