Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Inferno do bem!

por WAndrade, em 29.09.10

Inferno meu!

 

Quero deixar aqui um esclarecimento para os adeptos do inferno.

Para quem viveu comigo o episódio cancro, sabe como eu ultrapassei sozinha esse momento tão doloroso (segundo uma pessoa muito especial, ultrapassei porque sou teimosa e não dei a menor importância a esse tumorzinho de merda). Não dei e não dou, se todas as minhas dores fossem essas...


Mas quero falar hoje é para quem já passou por isso e tem ainda algumas dúvidas.

Infernobabies, quem fez ou está a fazer quimioterapia, como eu fiz, deve fica atento a algumas sequelas, das quais os médicos NÃO  falam.

 

Há alguns meses atrás, tive uma crise de bronquite, mas como sempre fui alérgica e tive alguns episódios de crise em criança, não dei muita importância (normal em mim, doença? I’m out!).

Só que eu terminei a químio em janeiro e já nem pensava mais nisso. A tal bronquite arrastou-se, fiz trocentos exames, até exames de coração, foi uma bagunça na bagunça que está a minha vida, oraiessa!

Quando a coisa tomou uma proporção que me saturou a paciência, fui à pesquisa e descobri: quem fez (faz) quimioterpia, tem, como sequelas todas as “ites” possíveis, ou seja, rinite, sinusite, artrite, aumento de peso, sem conseguir emagrecer, dores no corpo sem mais nem menos e fica bastante susceptível à mudanças de temperatura, frio, quando todos estão confortáveis, qualquer ventinho pede um casaquinho.

Claro que eu sofri dos males o menor, pq eu não estou aqui para dar confiança a nada disso, a sinusite, que, aliás, assim como vem, vai, viu, gente?

Portanto, nada de afobação, é exercício físico (NÃO PARAR OU DEIXAR DE FAZER), alimentação controlada, mas uma boa alimentação, linhaça (misturada nos sumos, nos iogurtes) e cabeça para cima que é tudo uma questão de tempo, passa...como passam os navios!

 

P.S.: quem quiser conversar sobre, escreva                                                                                                      Wania Andrade - 09/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:27

passando...

por WAndrade, em 28.09.10

Domingo passado fui à praia.

Sábado também, aliás.

Mas domingo teve alguma coisa de encanto. Dia lindo, sol na medida, água tépida, essas coisas pequenas, especiais, nadas e tudos.

Não consigo tirar da cabeça os meus passos vagarosos na pontinha do mar brilhante, entre as pequenas pedras ofertadas pela maré.

Peguei algumas...e lembrei que, há um ano, estava atrás de uma janela, imaginando como estaria a praia, se o sol estaria como...que bom seria ir passear.

Naquele momento, tão sozinha como agora, estava tão confusa, tão enevoada, (como era possível EU estar doente?).

Naquela janela ensolarada vivi meus medos mais profundos, eu comigo, sem visitas, sem futuro, criança de olho arregalado, assustada e quieta.

A quietude dos solitários.

Jesus Cristinho, nunca vou poder te pagar o domingo passado.

WAndrade - 09/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:24

Crisântemos...

por WAndrade, em 28.09.10

Tinha tudo a dizer, mas foi difícil porque era tanto, tanto...

Naquelas flores, meu coração doado, minha alma entregue...

Na garganta só um rasgo, nó de marinheiro, nó de saudade...

Na volta, atravessava, sem sucesso, os rios dos olhos...

...devagar...

Não tinha mesmo para o que voltar.

WAndrade - 09/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:43

Hoje

por WAndrade, em 23.09.10

De dentro da força que arranjo sei lá onde

Do alto da cabeça erguida à força

No epicentro da minha coragem feita a ferro e fogo

Nos olhos secos na marra

Na marra, vivendo sobre

Tá phoda!

WAndrade - 09/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:58

às claras

por WAndrade, em 13.09.10

Respondendo à pergunta que teus olhos tristes (lindos) fazem : não, eu não tenho namorada.

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46

bommmm

por WAndrade, em 11.09.10

Plena manhã de sábado...manhã plena! Menina, ô menina...

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:07

um dedinho de prosa

por WAndrade, em 08.09.10

Pode parecer bobagem, que seja, não me importo! Ganhei o dia!

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33

E daí?

por WAndrade, em 07.09.10

Tchau, meu amor, até amanhã! Até sempre!

WAndrade - 07/09/2010

 Tão doloroso pode ser o orgulho, não é?

Ou você acha que eu acredito nas artimanhas,

nos intrincados planos de fingir felicidade?

 Aliás não só eu, os seus amigos sabem que você

não está bem, portanto…pode parar.

 Eu escrevo o que sei e o que penso aqui, porque aqui é o meu espaço

e eu sei que você vem, quando não suporta mais a vida,

é aqui que você vem procurar paz, sossego e matar saudades.

 Como é que eu sei? Porque conheço você mais do que ninguém.

E por que te conheço? Porque te amo, te amo muito.

Não te amo demais, pois demais é quando não há mais.

E eu tenho muito amor para te dar.

 Amor do bom, daquele que te quer ver bem, como sempre foi, como sempre fiz.

 Eu não procuro nem fuço tuas redes sociais, aliás coloquei você como

“conhecidos” para não ter que receber tuas actualizações

(apesar de saber que é quase tudo invenção), claro que você não vai

dar o braço a torcer e deixar que vejam que a coisa já desandou faz é tempo.

Como é que eu sei? Porque conheço você mais do que ninguém.

Quando você ignora e congela como tem feito comigo é porque sua vida

já está de pernas para o ar há muito tempo.

 Mas nada disso me faz desistir, eu estou aqui te esperando,

aqui comigo você sempre vai ter um lugar para descansar a cabeça,

um abraço forte, um porto para ancorar suas dúvidas, seus medos e suas angústias.

Aqui não há perguntas, cobranças ou chatices.

 Vivo há muito tempo só para me ligar em coisas pequenas.

Quando você decidir que quer ser feliz e alegre outra vez, vem,

liga, chega,aparece (faz o que o teu amigo diz, me procura).

 Aqui você terá o que sempre procurou e, se quiser, um grande amor para ser bem vivido.

 Está nas suas mãos.

 

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:40

Ocupada...

por WAndrade, em 06.09.10

Menina, o que é melhor do que falar com você?   

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:58

Desculpe

por WAndrade, em 06.09.10

Não penses que não vi teus olhos ficarem verdes

Ou que não senti, na tua língua, a lágrima que engoliste

Não imagines que não percebi as palavras que calaste,

no exato momento em que, covarde e confusa, te abracei

Creia que quis mesmo parar o tempo, ali, naquele quarto, naquele segundo,

na tua nudez tão bonita... tão, tão entregue!

Não fui capaz, não o sou, não sei nem de mim, agora não me conheço, não sei quem sou

Mas naquele instante, naquele, te quis como nunca...

Desculpe!

WAndrade - 09/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:31

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Visitas




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Poemas e Crónicas

Rebecca Rostagno - Arte nos temperos!

Palavra de Vidro

O Inferno no Likata