Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Não dá mais

por WAndrade, em 22.08.10

Já não há como disfarçar

Voz some

Joelho treme

Mão esfria

Olho grita, entrega

Coração sai tristeza, na “foto”

Fora de tom, fora de compasso

Já não há como disfarçar...

WAndrade - 08/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:57

Em brasileiro...

por WAndrade, em 22.08.10

Ficou teu jeito de me beijar os olhos

Teus olhos de mel, tão verdes qdo choras

Tão verdes qdo fazes amor...

Ficou o vinho maduro às refeições

E o drink de frutas...

Ficou a cozinha arrumada... (a duras penas, aff!)

Ficou tua mão suave, aprendiz? Não, sabes tanto...

Ficou tua pele branca, minha mão nas tuas costas....tua nuca arrepiada

Ficou meu jeito desajeitado de mergulhar em ti, no sofá (pressa...desculpe!)

Ficou o amarelo.

A massinha com frango e molho, nunca aprendi

Ficou teu jeito de me dedicar teu prazer e o teu olhar de depois...

Ficou o nosso olhar, desde a primeira vez...

Ficou a tua zanga e a minha tb

Ficou o lençol vermelho, agora sem uso...

Ficou tua mágoa e o meu sem rumo (sempre)

Os teus cremes e o teu perfume (o pouquinho q não ouso tocar)

A blusa de caveira...

Ficou a lembrança da tua minisaia amarela

Tuas coxas...

Vermelha, amarela, branca...ficaram todas na lembrança...e o q pouco cobriam...

A dança de sábado e o que veio depois...

 Ficou a minha impotência em te dar o amor maior

E o não conseguir te fazer feliz, nem a mim...

WAndrade - 08/2010

DMCA.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:48


Mais sobre mim

foto do autor


Visitas




""Umas estórias de amor" - Wania Andrade


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Poemas e Crónicas

Rebecca Rostagno - Arte nos temperos!

Palavra de Vidro

O Inferno no Likata